terça-feira, 16 de dezembro de 2008

CONSELHOS DE UMA VELHA SENHORA

Dona Maria era uma senhora de 92 anos, elegante, bem vestida e penteada. Estava de mudança para uma casa de repouso, pois o marido, com quem vivera 70 anos , havia morrido e ela ficara só...
Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando uma atendente veio dizer que seu quarto estava pronto.
A caminho de sua nova morada, a atendente ia descrevendo o minúsculo quartinho, inclusive as cortinas de chintz florido que enfeitavam a janela.
- Ah, eu adoro essas cortinas - disse ela com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho.
- Mas a senhora nem viu seu quarto...
-Nem preciso ver- respondeu ela. Felicidade é algo que você decide por princípio. E eu já decidi que vou adorar! É uma decisão que tomo todo dia quando acordo.
Sabe, eu tenho duas escolhas: passar o dia inteiro na cama contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem... ou posso levantar da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me obedecem.
Cada dia é um presente.
E enquanto meus olhos abrirem vou focalizá-los no novo dia e também nas boas lembranças que eu guardei para esta época da vida.
A velhice é como uma conta bancária: Você retira daquilo que você guardou. Portanto, lhe aconselho depositar um monte de alegria e felicidade na sua conta de Lembranças.
E como você vê, eu ainda continuo depositando...
Agora se me permite, gostaria de lhe dar uma receita.

1- Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência. Isso inclui idade, peso e altura. Deixe o médico se preocupar com eles. Para isso ele é pago.
2- De preferência aos amigos alegres. Os “baixo astral” puxam você para baixo.
3- Continue aprendendo. Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa. Não deixe seu cérebro desocupado.
4- Curta coisas simples.
5- Ria sempre, muito alto. Ria até perder o fôlego.
6- Lágrimas acontecem. Agüente , sofra e siga em frente. A única pessoa que acompanha você a vida toda é VOCÊ mesmo. Esteja VIVO, enquanto você viver.
7- Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: pode ser família, animais, plantas, um hobby, o que for. Seu lar é o seu refúgio.
8- Aproveite sua saúde. Se for boa, preserve-a. Se está instável, melhore-a. Se está abaixo desse nível, peça ajuda.
9- Não faça viagens de remorsos. Viaje para o Shopping, para a cidade vizinha, para um país estrangeiro, mas não faça viagens ao passado.
10- Diga a quem você ama que você realmente o ama, em todas as oportunidades.
E LEMBRE-SE SEMPRE QUE: A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego... de tanto rir...de surpresa...de êxtase...de felicidade!!!
(autor anônimo)


Quando lí este texto me emocionei muito. Minha mãe era essa pessoa. Sempre bem arrumada, sempre com ótimo astral, até na doença que a levou de nós. Nunca dizia que não estava bem ao atender o telefone...dizia que puxava energias ruins, falava que estava tudo bem, mas ela estava no fim de sua jornada. Foi valente até o fim de seus dias. Aproveitou tudo que depositou na sua conta. Foi para o hospital de cabeça erguida e ao despedir-se da minha filha mais velha, esta , sem explicação, deu-lhe um beijo e um abraço e disse: - Vó, nunca mais vou te ver. Foi terrível para todos que ouviram, mas ela sabiamente disse à neta que talvez voltasse! Infelizmente, não voltou. A saudade sempre dói muito, mas aprendi com ela que a vida só pode ser bem vivida se estivermos alegres e felizes com o que conseguimos conquistar. Ela na sua sabedoria e humildade deu um belíssimo exemplo aos filhos e aos amigos. A sua vaidade me comoveu, quando em coma, ela ajeitava os cabelos, num gesto automático, é claro, mas que nunca foi esquecido. Acho que não viveu em vão, pois deixou um legado que foi: ser feiz com pouco, sem reclamar, essa era minha linda mãe.
Felizmente ela não teve que ir para a casa de repouso, mas minha irmã teve um AVC e passou quase 8 anos numa dessas casas que não são nem um pouco recomendáveis . Na verdade, são depósitos de idosos. Não tivemos outra opção. Porém, estive com ela até o fim, nunca a vi reclamar , era só alegria quando eu e minha filha Luciana chegávamos. Foi a experiência pior da minha vida. Morrer faz parte, mas aos poucos dói demais.
Sei que nesta época essas dores doem mais já que estamos mais felizes e elas fazem muita falta, além do resto da família que já partiu. A todos quero deixar a minha homenagem de amor eterno até que um dia, quem sabe, nos reencontremos!
Pensem sempre: A VIDA É CURTA PARA SER PEQUENA!!!!! Aproveitem o que puderem e vivam felizes!

Mamãe e papai comemorando aniversário de casamento

Eu e mamãe no dia seguinte do meu noivado.

8 comentários:

Diogo Caceres disse...

Marisa, belissimo post amiga... nossa estada aq na terra é muito passageira, por isso cada dia nosso deve ser vivido c/ o máximo de alegria e amor... sua mãe lhe deu grandes exemplos, pois c/ certeza é uma alma de grande experiencia!! Que possamos nos espelhar em exemplos como esses, vencendo dia-a-dia as batalhas q vão surgindo, c/ muita fé e alegria!!
Parabens por tão lindo post, ótima noite!!!

Nina disse...

Que linda a sua mãe Marisa. Que linda!

Ninguém vive em vão, eu acho,sabe? quer dizer, talvez algum FDP que mata outro alguém... sei lá, mas de repente até esse é um alguém importante pra um filho ou sobrinho, a gente não sabe né? ninguém vive em vão, todos temos missao a cumprir...

lindas fotos, adorei!

Claudia Pimenta disse...

oi mãe! ah, as mulheres mais lindas e fashion da minha vida! vc tá maravilhosa na última foto!!! bjs!

Carlinha disse...

Que história linda e comovente MArisa. Sua mãe é mesmo um exemplo de vida e seria ótimo se as pessoas seguissem, né? Acho ótimo pessoas que Não fazem drama, que erguem a cabeça diante qualquer situação.
A vida é um presente de Deus e teríamos que respeitar sempre isso.
Você é linda, assim como sua mamãe.

Nina disse...

marisa, to indo viajar pra casa dos sogrinhos, comer mt na semana do natal :)

desejo uma linda noite de natal pra ti e familia.
mts alegrias sempre

Bjs

Georgia disse...

Marisa, te achei lá na Serena e vim te conhecer. Prazer.

Essa parte da nossa vida nunca esqueceremos com certeza, fica uma rica recordacao de tudo que aprendemos e vivemos.

Um grande abraco

Janice disse...

Lindo texto.
Tenha um excelente final de semana.
Beijo :)

Andrea Guim disse...

Lindo texto, lindas as fotos!!!

Dê uma comidinha ao panda